Quem Somos



A Heptada Martinista Os Verdadeiros Amigos 02, foi constituida em homenagem a Jean Baptiste de Willermoz, Maçom e Martinista, discípulo de Martinez de Pasqually e Saint German.

Willermoz fez parte da mesma busca trilhada por Emanuel Swedenborg, sendo o fundador da Loja OS VERDADEIROS AMIGOS, em 1760. A Heptada Os Verdadeiros Amigos é ligada a O.M.H.B. ( Ordem Martinista Hermética Brasileira), cujo Grão Mestre, bem como os Martinistas ligados ao C.F.D. (Círculo dos Filósofos Desconhecidos), são Rosa Cruzes, das suas variantes vertentes, dentre elas: a Societas Rosicruciana e a Golden Dawn. Os Martinistas da Heptada Os Verdadeiros Amigos participantes do C.F.D., são Mestres Maçons, detentores dos Altos Graus dentro do Rito Maçônico por eles praticado, mantendo a chama Espiritual devidamente alimentada, através da Tradição da Antiga Ordem Hermética Martinista Internacional.

O Grão Mestre responsável pela Ordem Martinista Hermética Brasileira, mantém a tradicional linha de Papus, sendo um conhecedor ímpar, e um grande estudioso da Maçonaria Egípcia, tendo retornado várias vezes ao Egito para beber a água do conhecimento, na mais pura fonte, possibilitando a partilha e a complementação necessária da sua linhagem original, no Berço da Antiga Civilização dos Augustos Mistérios.

A linhagem do Martinismo, em consonância com o Misticismo Egípcio iniciou-se com Papus, que introduziu a excepcional Visão Esotérica do Rito de Memphis Misraim, como sendo a sua Pedra do Canto Nordeste, quando fundou L Orde Martinista.

A nossa Ligação com a Ordem Martinista não se forma apenas através do meio documental, com a emissão da Carta Constitutiva da nossa
Heptada, vai além, bem na verdade, muito além do visível.

Quando nós nos ligamos a O.M.H.B., nos ligamos a ela principalmente no Campo Espiritual, formando uma corrente inquebrantável, que nos religa a nossa Verdadeira Missão Cristíca, como Buscadores e Iniciados.

Na Maçonaria, o Aprendiz está ligado ao seu Padrinho, que é um Mestre Maçom, até o momento em que se torne um novo Mestre Maçom.
Na Ordem Martinista não, pois o nosso vínculo é essencialmente Espiritual.
RITO SOLAR: Nós optamos por trabalhar com a Polaridade Masculina, assim como o é em alguns Ritos da Maçonaria, como fazia Jean Baptiste de Willermoz, junto a sua Loja Os Verdadeiros Amigos.

Observo que o Rito de Memphis Misraim trabalha com ambas as polaridades, bem como o próprio REAA.., em menor escala, o mais difundido na América do Sul, contanto que não mantenha tratados de reconhecimento com a GLUI.. e a CMI..

Fecho o presente com as palavras do nosso Grão Mestre, que tocará a Alma do Buscador que lê, se possuir a mesma Busca da nossa Missão: ...vamos preparar os nossos membros para que ajudem a Terra na sua missão, de ser um Planeta Regenerador.